27 de março de 2009

Piadas do Jahia 18 - Como nasce uma notícia

COMO NASCE UMA NOTÍCIA Dois menininhos estavam saindo do Barradão quando um deles foi atacado por um Rottweiler feroz. O outro menino imediatamente pegou um pedaço de pau e deu na cabeça do cachorro, fazendo com que o cão caísse morto e o amiguinho ficasse apenas com alguns arranhões. Ao ver a cena, um repórter que passava correu para ser o primeiro a cobrir a fantástica história. Pensou em voz alta: Já estou até vendo a manchete: 'Jovem Rubro-Negro salva amigo de animal feroz!' - Mas, eu não sou Vitória... - disse o menino. - Me desculpe, apenas presumi que fosse, já que estamos na saída do Barradão... Então, vou escrever: 'Bravo pequeno Ipitanguense evita tragédia com amigo!' - Mas, eu também não sou Ipitanga... - disse novamente o menino. - Ok, então: 'Pequenino itabunense vira herói !' - Não so u itabunense moço. - Mas afinal, pra que time você torce? - Sou Baeeeeeaaaaaaa Porraaaaa!!! E o repórter escreve em seu caderninho: 'Delinqüente tricolor assassina brutalmente adorável animal doméstico!' Veja outras piadas aqui.

4 comentários:

LaninhaƸ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Sabe qual é o maior sonho do torcedor itinguense?
E: Ver seu time no Fantastíco.

Anônimo disse...

Tenho a solução para aquilo que chamam de time acaba muda de nome e contrata como técnico Patati e auxiliar patatá como estão lá pra fazer palhaçada não precisa invetar desculpa

Anônimo disse...

Esses sofredores "revoltados" do ex-quadrão, que xingam, berram, agridem, esperneiam, invadem estádios, vestiários, cabines de rádio e TV, campos de treinamento, concentrações, aeroportos, hotéis, rasgam bandeiras e camisas, mostram e jogam dinheiro para os "craques" incolores e fogem do estádio quando o timeco toma o segundo gol em qualquer partida, são os mesmos que povoam as redes sociais, redações de rádios, jornais e TVs com críticas aos “competentes” dirigentes do incolor armengado do Alto de Itinga e promovem reuniões e “paradas gays” para exigir a “democratização” do clube e a renúncia de MGF. Depois, quando a poeira desses movimentos passa e acontece do timeco ganhar uma partida aí tudo muda, eles saem gritando pelos quatro cantos da cidade que “o baêa voltou”, que é o melhor do mundo, que vão ser campeões baianos, da Copa do Brasil, do Brasileirão, da Libertadores e do Campeonato Mundial no Japão. São uns alienados mesmo, coitados...Como diziam os apóstolos: perdoai os aloprados porque eles não sabem o que fazem!

Anônimo disse...

Já se tornou uma rotina, toda semana aparece um ex-jogador ou ex-técnico do Jahia cobrando o não pagamento de salários atrasados, premiações, direitos de imagem, etc, etc. Ao final das contas a Justiça tem sempre dado ganho de causa a esses reclamantes, pela justeza desses questionamentos, de nada adiantando a fama, a pose e a banca desse tal de Dr. Ismerin, Diretor Jurídico do ex-quadrão, que não ganha uma. Dizem as boas línguas que o Dr. Ismerin é bom mesmo é pra soltar vereador e prefeito ladrão da cadeia... O resultado dessa negligência administrativa do Jahia é que aos poucos o que resta do combalido patrimônio incolor vai sendo leiloado para quitar essas dívidas. Enquanto isso os alienados, fanáticos e inconseqüentes sofredores do ex-quadrão continuam pelas ruas (alguns poucos, claro) desfilando com a descolorida camisa que ja foi tricolor, sendo que os mais aloprados gritam que são "bi". Só se for "bi" de bicha ou "bi" de bi-sexual...

Postar um comentário

2leep.com