5 de março de 2013

Atacante do Bahia esnoba a lei vigente: "Lei Seca de merda"

Na Astrologia, o período de 30 dias antes do aniversário de uma pessoa é chamado inferno astral. O atacante Souza, do Bahia, completou 31 anos na segunda-feira (4) e, já não bastasse a confluência dos astros, ainda contribuiu para um triste fim de um período em que tudo parece jogar contra.

No sábado, o jogador - de folga - foi pego numa blitz da Lei Seca na capital carioca. Como se recusou a fazer o teste do bafômetro, o Caveirão teve o carro e a habilitação apreendidos e ainda levou uma multa de R$ 1.915,40. Se alguém achava que a comemoração adiantada do aniversário ia por água abaixo, se enganou.

No domingo, Souza postou uma foto no aplicativo Instagram, onde posa com um garoto e com um copo de cerveja na mão, e fez pouco caso da Lei Seca. "Não vai ser uma Lei Seca de merda que vai estragar meu niverr (sic)", postou. O jogador faz careta e está numa casa no que aparenta ser uma comemoração do seu aniversário.

Precedente
O aplicativo é o mesmo em que o presidente do clube, Marcelo Guimarães Filho, mandou um torcedor ‘tomar no c...’ após receber uma crítica em relação à venda do meia Gabriel. Assim como Marcelo Filho, o perfil de Souza (rodrigosouza9) é privado e restrito àqueles autorizados pelo centroavante. O presidente do clube, por conta de suas declarações polêmicas e palavreado de baixo calão, principalmente no Twitter, se tornou tema de uma matéria na revista Placar deste mês, com o título ‘O rei da baixaria’.

Problemas fora de campo refletem má fase no clube
Não bastasse ser pego na blitz, Souza faltou ao treino da manhã de segunda. De acordo com o gerente de futebol, André Araújo, o centroavante estava sem qualquer documento de identificação no Rio além da carteira de motorista (apreendida), e não poderia embarcar de volta a Salvador. Assim, Araújo teve que enviar a carteira de jogador profissional do atleta para a capital carioca.

Com o problema, o Caveirão só conseguiu voltar à tarde. Ainda assim, o clube não colocará panos quentes na situação. Segundo o gestor de futebol, Paulo Angioni, Souza será punido por conta da falta, de acordo com as normas do clube. No entanto, o diretor de futebol não explicou qual será a pena do centroavante.

O fim de semana trágico coincide com uma fase ruim do jogador no Bahia. Souza marcou apenas um gol na Copa do Nordeste e se envolveu numa polêmica quando, depois de ser xingado pela torcida, ironizou o fato em entrevista a um canal de TV. O fraco desempenho no Nordestão e a chegada do atacante Obina fizeram Souza perder a posição na equipe considerada titular do técnico Jorginho, ao menos é o que se desenha nos treinos. Por isso, de acordo com amigos, ele estaria desmotivado.

Fonte: Correio*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

2leep.com